Volvo CE adquire modificador de máquina de aplicação especial CeDe Group

A Volvo Construction Equipment (Volvo CE) afirma que vai comprar o parceiro de aplicação CeDe Group, com sede em Malmo, na Suécia.

O preço de compra não foi divulgado para o negócio, que deve entrar em vigor em meados de março e incluir propriedade intelectual, operações, outros ativos e equipe de cerca de 45 funcionários em tempo integral, diz um comunicado à imprensa.

“Esta aquisição faz sentido em vários níveis estratégicos”, disse o presidente da Volvo CE, Melker Jernberg. “A CeDe já provou que possui um profundo talento de engenharia na adaptação de nossas máquinas para aplicações especializadas. 

Esse relacionamento mais próximo permitirá que a Volvo CE aumente nossas ofertas de produtos e, ao mesmo tempo, aumenta a capacidade da CeDe de se expandir para novos mercados e segmentos, tanto com a Volvo CE quanto com seus outros clientes OEM ”.

O CeDe Group tem uma boa reputação na Escandinávia como um adaptador de baixo volume de máquinas de construção e mineração para aplicações especiais, afirma a Volvo CE.

Trabalhando para vários OEMs líderes, incluindo a Volvo CE e seus revendedores, as adaptações incluem o desenvolvimento de novas carrocerias para caminhões, como combustível, água e resíduos. 

As adaptações também incluem conversões de trilhos para escavadeiras de rodas, bem como conversões para aplicações de mineração subterrânea, etc.

Sob a propriedade da Volvo CE, a visão é que a CeDe permanecerá um negócio independente, diz o comunicado da Volvo.

E continua: “A Volvo CE irá colocar à disposição da empresa as suas competências consideráveis ​​e adicionar recursos adicionais para permitir-lhe expandir o seu alcance de mercado e bases de clientes, tornando-se um líder europeu neste campo especializado.

“Um parceiro fortalecido também apoiará os objetivos da Volvo CE de expandir sua oferta de produtos em novos segmentos e aplicações, bem como fornecer um parceiro que pode entregar protótipos de baixo volume e execuções de produção.

“A empresa continuará a fornecer e expandir seus serviços de engenharia para clientes que não sejam da Volvo CE”, afirma.

A CeDe foi formada em 2000 e suas raízes remontam ao negócio original de escavadeiras da Volvo, diz a Volvo.

“Com nosso já longo e bom relacionamento com a Volvo CE e um profundo conhecimento de seus produtos, estamos entusiasmados com as oportunidades de desenvolver nossos serviços e expandir nosso alcance em novos mercados”, disse o CEO do CeDe Group, Krister Johnsson.

Como os volumes anuais produzidos são relativamente baixos, o negócio não terá efeito material sobre a receita ou a posição financeira da Volvo CE, disse a empresa.

O negócio vem enquanto a Volvo CE espera outro ano forte após um recorde de 2018, que viu as vendas dispararem 27 por cento naquele que a empresa considerou o ano mais forte de todos os tempos.

É também um momento inovador em outras formas, com o recente anúncio de que a Volvo deixará de usar a potência diesel em pelo menos alguns modelos de carregadeiras e escavadeiras pequenas para lançar pelo menos 10 máquinas elétricas até 2020.